Gestão de software de engenharia: O impulso para a autonomia dos CIOs

O software de engenharia constitui a espinha dorsal de muitas indústrias, incluindo energia, fabrico, construção, aeroespacial e defesa. Estas ferramentas não são apenas essenciais para as operações quotidianas, mas também representam um compromisso financeiro substancial, consumindo frequentemente uma parte significativa do orçamento de TI de uma organização. No entanto, este investimento leva a um debate permanente nas organizações: Quem deve ter supervisão e controlo sobre estas licenças de software - a direção de TI ou o departamento de engenharia?

Licença de software de engenharia: Gastos em alta

De acordo com a Gartner, prevê-se que as despesas globais com TI ultrapassem os 5 biliões de dólares em 2024, com mais de 1 bilião de dólares dedicados apenas a software. O último relatório da Deloitte indica que 24% do orçamento total de TI será afetado a licenças de software.

Nas indústrias que dependem extensivamente de software de engenharia licenciado, o compromisso financeiro com estas aplicações excede significativamente a norma, representando uma parte considerável do orçamento global de TI. Esta elevada participação financeira intensifica a dinâmica interna, conduzindo a uma acentuada luta de poder entre os departamentos de TI e de engenharia sobre a propriedade, o controlo e a gestão destes activos de software críticos.

CIOs: O controlo traduz-se num melhor alinhamento estratégico e no ROI

Tradicionalmente, a maioria das organizações atribui a responsabilidade de gerir as despesas de TI e garantir o retorno dos investimentos em TI aos seus directores de informação (CIO). Com um aumento significativo das despesas com tecnologia previsto para o próximo ano, os CIOs estão a esforçar-se cada vez mais por afirmar a sua autoridade sobre todo o panorama de TI.

Um inquérito recente revela que os CIO defendem o controlo total dos activos de TI, incluindo as licenças de software. Argumentam que esta centralização lhes confere a "agilidade" e o "controlo" necessários para impulsionar a inovação e otimizar os investimentos. Especificamente, os CIOs acreditam que uma supervisão unificada lhes permite resolver mais eficazmente as questões de licenciamento de software, alinhando estes recursos tecnológicos de perto com a estratégia comercial global da empresa.

Engenheiros: As aplicações especializadas requerem uma gestão especializada

Em contrapartida, os departamentos de engenharia procuram cada vez mais ter controlo sobre as suas licenças de software, argumentando que a natureza especializada das aplicações de engenharia exige uma abordagem diferenciada. Os líderes destes departamentos defendem a gestão direta destas licenças, abrangendo a aquisição, administração, utilização e renovação, por parte dos engenheiros que as utilizam diariamente. Acreditam que esta abordagem irá melhorar a experiência e o envolvimento dos utilizadores.

Os chefes de engenharia defendem que a autonomia na gestão de licenças conduziria a uma tomada de decisões mais ágil e eficaz, estreitamente alinhada com as exigências únicas dos projectos actuais e com os desafios específicos da engenharia. Argumentam que o controlo direto sobre estas ferramentas aumentaria o desempenho, estimularia a inovação e, em última análise, produziria um maior retorno do investimento nestas tecnologias.

Gestão colaborativa de licenças de software de engenharia: Um passo em frente

Tanto os departamentos de TI como os de engenharia têm fortes razões para quererem ter controlo sobre as licenças de software de engenharia. Para se destacarem num ambiente tecnológico em rápida mutação, precisam de adotar uma abordagem colaborativa, eliminando os silos para uma melhor comunicação e cooperação. Um sistema robusto de gestão de licenças de software é fundamental para isso, garantindo uma utilização eficiente e a otimização dessas licenças.

Embora os engenheiros sejam especialistas nos seus domínios, ficam limitados sem uma solução de gestão de licenças abrangente, o que afecta a sua capacidade de maximizar a eficiência do software. Os gestores de TI, por outro lado, precisam de aceder a dados fiáveis da engenharia para tomar decisões estratégicas.

Sem um sistema unificado de gestão de licenças de software, a recolha e análise destes dados torna-se ineficaz e propensa a erros. A solução permite que os líderes de TI e de engenharia tomem decisões informadas por dados em conjunto, tornando possível a escolha das licenças e modelos de software correctos para as suas necessidades. Isto não só simplifica a tomada de decisões, como também alinha os objectivos departamentais com a estratégia mais ampla da organização, melhorando a eficiência e o sucesso globais.

Open iT: Permitir a colaboração entre TI e engenharia

A Open iT, um dos principais fornecedores de soluções e serviços de gerenciamento de licenças de software, pode ajudar a desmantelar silos que obstruem a colaboração e a comunicação eficazes e unificar os departamentos de TI e engenharia. A Open iT não apenas oferece ferramentas, mas também atua como um catalisador para nutrir um relacionamento coeso e produtivo entre essas divisões organizacionais.

Visibilidade total para uma comunicação melhorada

A chave para um gerenciamento eficaz em qualquer organização é a visibilidade, e isso é particularmente verdadeiro para o gerenciamento de licenças de software de engenharia. A Open iT fornece uma visão panorâmica de extensos portfólios de licenças, permitindo que os departamentos de TI e engenharia obtenham uma compreensão abrangente da utilização de suas licenças. Essa transparência facilita discussões baseadas em dados sobre requisitos de software e orçamento. Ao estabelecer um entendimento comum, o Open iT ajuda ambos os departamentos a desenvolver estratégias que não são apenas benéficas a nível individual, mas também em sincronia com os objectivos organizacionais mais amplos.

Relatórios personalizáveis adaptados às necessidades do departamento

A ferramenta de criação de relatórios personalizável da Open iT é uma caraterística de destaque, oferecendo adaptabilidade para satisfazer os diversos requisitos de diferentes departamentos. Os departamentos de TI podem aproveitar estes relatórios para se concentrarem em preocupações globais, como a gestão de custos e a conformidade regulamentar. Em contrapartida, os departamentos de engenharia podem utilizar a mesma ferramenta para obter informações mais aprofundadas sobre as tendências de utilização e o desempenho de aplicações específicas. Esta flexibilidade garante que ambos os departamentos acedem à informação que é mais relevante e acionável para eles.

Melhoria da conformidade da licença e preparação para auditorias

Uma das vantagens mais significativas do Open iT é a sua capacidade de melhorar o cumprimento dos acordos de licenciamento de software. Essa conformidade é necessária para evitar penalidades financeiras e danos à reputação. O Open iT ajuda a manter registos precisos da utilização de software, alinhando-se com os termos de licenciamento e, assim, garantindo que a organização está sempre pronta para auditorias.

Capacitar a tomada de decisões estratégicas

A um nível estratégico, a Open iT fornece aos CIOs e líderes de engenharia uma visão holística do ambiente de software. Essa perspetiva abrangente é inestimável para orientar as decisões relativas a novos investimentos, renovação de licenças ou realocação de recursos. Com as capacidades analíticas e de elaboração de relatórios do Open iT, estas decisões são informadas por dados fiáveis, assegurando que apoiam tanto as necessidades imediatas como os objectivos estratégicos a longo prazo.

Eliminar a batalha pelo controlo das licenças de engenharia

Este braço de ferro entre os CIOs e os departamentos de engenharia realça um desafio crescente nas organizações: como equilibrar a necessidade de uma governação de TI centralizada com os requisitos especializados dos diferentes departamentos.

À medida que a tecnologia continua a evoluir e se torna cada vez mais parte integrante de todos os aspectos das operações comerciais, torna-se cada vez mais crucial encontrar uma abordagem colaborativa e eficaz para gerir estes activos de software essenciais.

Descubra a vantagem da Open iT. Peça a um representante da Open iT para o contactar hoje mesmo ou inscreva-se para uma demonstração.


Vamos conversar

Mostrar-lhe-emos como a sua empresa pode beneficiar das soluções Open iT.
Nota:
Ao submeter este formulário, está a concordar em receber comunicações adicionais da Open iT. As suas informações serão processadas de acordo com a nossa Política de Privacidade.